quarta-feira, 13 de julho de 2016

CEBOLAS E AMORES

           Amores são como cebolas. Ou seriam as cebolas semelhantes aos amores? Não sei! Não importa. De qualquer forma as cebolas e os amores possuem semelhanças singulares, peculiares, ótimo para uma boa analogia! Cebolas fazem chorar, os amores também. Amores fazem sorrir, cebolas também. Cebolas possuem sabores. Amores são sabores em forma de sentimentos. As cebolas cruas são amargas, e indigestas. Os amores crus são terrivelmente indigeríveis. Amores precisam sair da rotina, precisam inovar, necessitam nascer de novo diariamente. Cebolas feitas sempre da mesma forma enjoam, perdem o prazer, caem na rotina. Cebolas ajudam a prevenir o envelhecimento das artérias. Amores previnem o envelhecimento da alma. Cebolas possuem poderes oxidantes. Amores desintoxicam nossos corações. Cebolas nos ajudam a prevenir doenças do sistema nervoso. Amores acalmam nosso espírito e coração. Cebolas são anti-inflamatórios naturais. Amores desinflamam os ódios da nossa alma. Cebolas ajudam a prevenir doenças respiratórias. Amores nos fazem suspirar, o suspiro é a respiração apaixonada. E só para relembrar, cebola faz bem ao coração. Amores também. 
Que nossa vida seja assim. Cheia de cebolas e amores. Cheia de paixão e de sabores.
                                                                                            http://diariodenet.blogspot.com.br/2011/07/cebola-tem-coracao.html

terça-feira, 28 de junho de 2016

Decisões Corajosas

            Existe um relato na Bíblia cristã que apesar de não ser muito conhecido nos mostra o quanto decisões difíceis e corajosas podem mudar o rumo da nossa história. O relato encontra-se no pequeno livro de Ruth. Noemi foi uma mulher judia, que precisou sair juntamente com sua família da terra de seus pais devido a grande fome que assolava á mesma. O local escolhido por eles foi os campos de Moabe. Ali Noemi e seu esposo estabeleceram-se e criaram seus filhos. Após a morte de seu marido os filhos de Noemi casaram-se com mulheres da terra de Moabe. Uma dessas mulheres se chamava Ruth. Quis o destino que Noemi perdesse seus dois filhos ainda jovens, sua dor se tornou insuportável, então mediante essa tragédia ela decide voltar para sua terra. Antes, despede-se de suas noras e as aconselha a voltar para casa de seus pais. Porém uma delas, Ruth, não aceita o conselho da sogra. Pelo contrário, Ruth afirma que não deixaria sua sogra ficar sozinha. Parecia loucura, uma mulher que ficara viúva tão nova abrindo mão de sua vida para acompanhar sua idosa sogra. Noemi ao perceber a loucura que estava fazendo sua nora insistiu que ela voltasse para casa de seus pais. Porém essas foram às palavras de Ruth: Não insistas comigo que te deixe e não mais a acompanhe. Aonde fores irei, onde ficares ficarei! O teu povo será o meu povo e o teu Deus será o meu Deus! (Biblia Nova Versão Internacional)

            Essa difícil e corajosa decisão iria colocar o nome de Ruth para sempre na história. Se continuarmos a leitura bíblica, veremos que ao chegar à terra de sua sogra ela conhece e se casa com Boaz. A partir desse momento Ruth irá fazer parte da descendência não só do rei mais conhecido de todos os tempos, como também na do homem mais conhecido. Ruth foi mãe de Obede, esse foi pai de Jessé, que por sua vez foi pai do Rei Davi. Quando lemos os evangelhos Ruth também aparece na descendência de Jesus Cristo. Sem contar que ela da nome a um  dos livros da Bíblia, que possui quase 4 bilhões de exemplares vendido em todo mundo. É, Ruth nos mostra que decisões corajosas podem colocar nosso nome na história. 
                              Crédito de imagem: http://www.opregadorfiel.com.br/2011/11/noemi-de-doce-para-amargo.html

quarta-feira, 22 de junho de 2016

O PODER LIBERTADOR DO HOJE.



            Muitas vezes em nossa vida temos o desejo de parar, a impressão é que tudo está dando errado em nossa curta estadia no palco da existência. Deprimimo-nos por estarmos preso em um passado que não pode voltar, e ficamos ansiosos devido a um futuro que talvez nunca chegue. Esquecemos que o único momento que realmente existe e que pode e fará toda diferença em nossas vidas é o presente. Isso mesmo, o passado já foi o futuro não chegou e a maior dádiva de Deus para nós é o presente. O presente que nos da à certeza de que estamos vivos, e enquanto houver fôlego de vida a esperança. O presente que nos da à oportunidade para fazermos algo a despeito do passado. O presente que nos promove a chance de termos a perspectiva de dias melhores à frente. A melhor maneira de nos libertarmos dos nossos pensamentos depressivos e da ansiedade que tenta nos sucumbir diariamente é entendendo que o hoje é o nosso maior PRESENTE. Por isso deixe seu passado no devido lugar que cabe a ele. Não sofra pelo que não aconteceu, talvez nunca vá acontecer. E viva o hoje, experimente o poder transformador do agora. Faça a sua parte, e com certeza Deus fará a dele.

Que Deus lhe abençoe

                                                                       Crédito de imagem: http://sabrinachenisz.blogspot.com.br/2010/04/esqueca-o-passado.html


quinta-feira, 16 de junho de 2016

O PARADOXO DA OBVIEDADE E O EUFEMISNO BRASILEIRO

Como já dizia o grande poeta Guimarães Rosa:O animal satisfeito dorme. Dormimos quando estamos satisfeitos conosco mesmo, com nossas atitudes, com nossas opiniões com nossos paradigmas. Enfim, quando temos uma vida medíocre e desinteressada nos acomodamos com a mesma. Vivemos o que é, como se não o fosse, e esse é o grande paradoxo. O óbvio é tudo aquilo que está claro, que sabemos porém não o exercemos. As obviedades da vida nos cegam a ponto de não entendermos que nos contrariamos frequentemente. Vamos lá, saímos aos domingos para comer comida "CASEIRA". Certo, eu também gosto de comida caseira, principalmente a minha, aquela que eu como em casa. Não percebemos a obviedade pelo fato de ser tão óbvia, e então saímos de casa para comer comida "CASEIRA". Usamos a internet para aproximação. Ela nos aproxima da informação, da notícias e das pessoas que estão em outros países. Porém nos afasta de nossos cônjuges, filhos, pais e demais pessoas que estão extremamente próximas a nós. Erguemos a bandeira da liberdade, queremos liberdade para dizer que somos a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo, do aborto ou da liberação da maconha. Mas ao mesmo tempo manifestamos ódio com as pessoas que erguem suas bandeiras para proclamar que são contra nossas idéias.Dizemos que amamos mais matamos quando esse amor não é correspondido de acordo com nossos padrões e expectativa.Trabalhamos muito ganhamos pouco e gastamos demasiadamente.Queremos filhos educados, e então os levamos para a escola, e em casa os entregamos aos cuidados das redes sociais. E a lista poderia seguir por quantidades significativas de linhas.
O paradoxo da obviedade é apenas uma representação de uma sociedade que se acomoda, não pensa e dorme em berço esplêndido. Mas não tem problema, afinal somos brasileiros, e o Brasil é o país do futuro. E assim vamos vivendo de paradoxo em paradoxo, de eufemismo em eufemismo.

crédito de imagem: http://www.estudopratico.com.br/diferenca-entre-antitese-e-paradoxo/


E olhei eu para todas as obras que fizeram as minhas mãos, como também para o trabalho que eu, trabalhando, tinha feito, e eis que tudo era vaidade e aflição de espírito, e que proveito nenhum havia debaixo do sol.
Eclesiastes 2:11

domingo, 12 de junho de 2016

SOFRIMENTO

Quem pode dizer que está isento de todas as mazelas existenciais? Quem pode afirmar jamais ter sofrido por uma perda ou por decisões erradas? A resposta é: ninguém.
Todos sofremos, choramos, nos entristecemos e muitas vezes até pensamos em desistir. Desistir de nossos sonhos, nossos projetos de nossa própria vida. Absolutamente ninguém está isento de passar pelas frustrações e dores da escola da existência. O próprio Senhor Jesus Cristo teve que passar por dores e angústias, sim, o filho de Deus desfrutou das mesmas dores existenciais que eu e você sofremos.
"E, levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se muito"Mateus 26:37.
Deus nos revela através de Jesus que nossas dores tem apenas um propósito: Nos Fortalecer para cumprir nossa missão. Eu e você temos uma missão nessa terra, um propósito pelo qual nós viemos a existir. E esse propósito, nada tem a ver com nossas profissões ou realizações pessoais. Ele tem a ver com cumprir a missão para á qual Deus nos criou. fomos criados únicos, e temos missões únicas. Missões que nossos vizinhos não podem realizar, pois ela é nossa.
Lembre-se: Toda provação nos capacita para uma missão. quando já sofremos perdas financeiras, podemos ajudar pessoas que passam por esse problema. Quando já enfrentamos a perda de um ente querido, podemos ajudar pessoas que estão sofrendo por perder uma pessoa querida. Perceba que toda situação adversa pode ser usada para nosso crescimento pessoal e, principalmente, para ajudarmos outras pessoas a suportarem suas dores.
Independente de qual for sua missão tenha certeza de uma coisa: Ela está diretamente ligada com aquilo que fez você mais sofrer, suas maiores dores irão lhe proporcionar suas maiores lições, e consequentemente serão o suporte para que você realize suas maiores missões.
Então fique firme e lembre-se que Deus quer usar seu sofrimento para usar você para cumpri uma missão "ESPECIAL"
Que Deus abençoe sua vida.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

GANÂNCIA

Não importar o quanto de patrimônio nosso dinheiro consiga comprar. No final não precisaremos mais do que 5m² para colocar o nosso caixão.
Pense sobre isso, e mais uma abençoada semana.


quinta-feira, 2 de junho de 2016

A CULTURA DO HOMEM BUNDA MOLE

A CULTURA DO HOMEM BUNDA MOLE

Nos últimos dias estive verificando o quanto nosso mundo está cheio de homens bunda mole. Homens que não honram aquilo que Deus colocou no meio de suas pernas. Falo isso sem medo de errar, pois talvez eu, tenha sido o maior de todos eles. Fugimos de nossas responsabilidades, deixamos nossas esposas e família em casa para enchermos a cara com nossos colegas de futebol ou serviço. Entregamos nossos filhos para serem criados pela internet, pelos smartphones, ou pelas redes sociais. Dizemos que estamos sem tempo, pois precisamos trabalhar para dar o melhor para nossa família. Esquecemos que, o melhor que temos á oferecer somos nós mesmo, nossa presença, nosso olhar, nossa atenção e nosso amor. Criamos meninas de 13 anos que acham que são mulheres e que podem sair por ai rebolando até o chão e mexendo o popozão. Formamos meninos que pensam poder tratar as meninas como cachorras, novinha safadas, ou que podem estrupa las por usarem uma roupa um pouco mais sensual. Ensinamos aos nossos filhos que devem sair por ai passando o rodo na mulherada, que precisam provar sua virilidade “traçando” o maior número de meninas possível. Está na hora de deixarmos de ser um bando de bunda mole, e ensinar aos nossos filhos que mulheres precisam ser respeitadas e tratadas com respeito, educação, carinho e muito, muito amor. É necessário ensinarmos para nossas filhas que acima de tudo elas precisam se respeitar, se amar, se cuidar e que existe tempo certo para todas as coisas. Precisamos amar respeitar e honrar nossas esposas, estar com elas, ouvi lás e nos sacrificarmos com nossa presença ao seu lado. Precisamos ensinar nossos filhos a respeitar as diferenças em todos os âmbitos, pois somos seres únicos, exclusivos, e isso é fantástico. É necessário também ensinar valores morais, éticos, falar de Deus para nossos filhos, orar com eles e por eles. Está na hora de deixarmos de ser bunda mole para sermos HOMENS, PAIS, ESPOSO E CIDADÃOS, que fazem diferença de verdade no meio em que estão inseridos.

Que Deus nos abençoe.


crétito de imagem site: https://familia.com.br

sábado, 28 de maio de 2016

O PODER DO SILÊNCIO

Muitas vezes, a arma mais poderosa para vencermos as batalha de nossas vidas, é o silêncio.

Não o silêncio da subserviência, ou da indiferença. Mas o silêncio que nos traz a serenidade e força necessária para agirmos e falarmos no momento certo.
Crédito de imagem http://leorenahelp.blogspot.com.br/2011/07/aprenda-com-o-silencio-ouvir-os-sons.html

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Garçom Da Vida

nunca se esqueça disto: Um dia o “garçom
da vida” vai lhe trazer em uma bandeja o fruto da
semente que você plantou, se você plantou uma boa semente
esse fruto será saboroso e lhe dará prazer. Porém, se
a semente que você plantou foi regada a muita babaquice
e bobagens, esse fruto será extremamente amargo. E o
grande problema é: não importa se o fruto é doce ou amargo,
você terá que prová-lo quer goste disso ou não.
"Livro A Jornada de um Babaca"
Aguardem o lançamento esta próximo.
Capa Joe Bernardo

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Caráter

O que faz a diferença em nossa vida não são nossos diplomas ou o tamanho de nossa conta bancária, e sim o nosso caráter. 

segunda-feira, 9 de maio de 2016

OLHANDO PARA FRENTE

Pare de olhar para trás, afinal você já sabe aonde esteve. O importante agora é saber para aonde você vai.
crédito de imagem:http://www.prjoelquaresma.com.br/#!Quem-olha-para-trás-fica-pra-trás/cqa8/556086330cf24874175269b5